Smartphones

5 defeitos comuns em smartphones e como resolver

Os smartphones já fazem parte da vida das pessoas. Não importa a faixa etária ou a classe social: todos se renderam às facilidades que estes celulares inteligentes proporcionam para o dia-a-dia.

Mas assim como qualquer equipamento eletrônico, os smartphones não estão livres de problemas. Com muitos aparelhos e poucos profissionais qualificados para realizar reparos, o cenário atual se apresenta como uma oportunidade de sucesso garantido para quem decidir aprender a consertar dispositivos mobile.

Pensando nisso, separamos 5 defeitos comuns em smartphones e a solução certa para resolver cada um deles. Confira!

A tela quebrou

É muito fácil de acontecer: basta um rápido deslize para que o smartphone caia no chão e tenha a sua tela despedaçada. Como o uso destes aparelhos depende primariamente na tecnologia touch screen, qualquer trauma pode comprometer o funcionamento e deve ser resolvido o quanto antes.

A prevenção é simples: usar películas de proteção e evitar cases muito duras, que não conseguem absorver o impacto da maneira correta. Já para remediar o problema, não existe outro caminho: é preciso substituir a tela.

O celular não liga

Pode acontecer com qualquer tipo de aparelho, tanto os mais novos como os mais antigos: o usuário tenta utilizá-lo e percebe que ele não liga mais. Esse defeito pode ocorrer por diversas razões, como algum problema na bateria ou por consequência de superaquecimento.

Para lidar com esse caso, experimente ligar o aparelho em um carregador oficial e aguardar para ver se ele responde. Se mesmo assim nada acontecer, o problema pode ser mais sério e necessitar de reparos nos componentes internos.

O aparelho caiu na água

A maioria dos smartphones tem partes extremamente sensíveis a água e qualquer contato com líquido pode fritar os seus circuitos e inutilizar o aparelho.

Mas acidentes acontecem e para lidar com o problema, é necessário secar tanto o lado externo como interno do smartphone, e não ligá-lo até que esteja tudo devidamente seco.

Uma boa dica é colocar o celular desmontado em um recipiente com arroz cru, que absorve a umidade com facilidade.

A bateria ficou “viciada”

Esse é um defeito bem comum em smartphones antigos: os usuários percebem que a bateria começa a durar cada vez menos. Isso ocorre porque elas possuem uma vida útil limitada, em geral inferior ao resto do aparelho.

A solução desse caso é simples: basta trocar a bateria. E é preciso ter atenção à qualidade da peça, pois existem muitos produtos alternativos que não funcionam tão bem e que podem até danificar o aparelho. Busque sempre por peças originais, fornecidas pelo próprio fabricante do smartphone.

O aparelho não carrega

Alguns defeitos comuns em smartphones não são relacionados aos celulares, mas aos seus acessórios, e muitas vezes a queixa de um celular que não carrega pode ter origem em algum problema no próprio carregador.

Nestes casos, é recomendável substituí-los, preferencialmente por um novo da mesma marca, evitando os “genéricos”, que podem danificar a bateria.

Com um número crescente de usuários, os celulares representam uma ótima oportunidade para quem quer investir em reparos. Ainda não se convenceu? Então confira o nosso artigo com 5 motivos para aderir à manutenção de smartphones!

 

Você deve gostar também
Piores celulares: 5 marcas e modelos que mais dão defeitos
Manutenção de smartphones: 5 motivos para aderir essa ideia
6 tendências de informática para os próximos anos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web