Smartphones

Como escolher o smartphone com melhor custo-benefício

É ótimo viver em um mundo onde não é preciso desembolsar um caminhão de dinheiro para ter um celular de qualidade, já que o avanço da tecnologia popularizou alguns destes aparelhos. No entanto, ainda há muitos smartphones com preços elevados e, por isso, escolher o melhor modelo não é uma tarefa nada fácil. Para ter o melhor custo-beneficio não basta apenas olhar o preço, mas uma série de características que revelam qual modelo se encaixa em seu estilo de vida. Quer descobrir como escolher um smartphone ideal para você? Vamos lá!

Câmera

As fotos que você tira são apenas para as redes sociais ou para guardar como lembrança? O seu smartphone será a sua câmera principal ou será usado apenas para fotos rápidas? Essas são perguntas importantes para determinar o seu perfil de uso. Infelizmente, as melhores câmeras ainda equipam apenas aparelhos do topo de linha, mas é possível encontrar boas câmeras nos modelos intermediários.

Procure reviews dos aparelhos do seu interesse e compare as fotos das suas câmeras, sem cair no erro de considerar apenas o número de megapixels: veja se há funções como HDR, foto panorâmica, detecção de rostos e flash, e avalie quais destes recursos são importantes para você. Ah, se você gosta de tirar muitas selfies, é bom procurar uma boa câmera frontal também.

Tela

Há os mais variados tamanhos de telas disponíveis no mercado. Normalmente o tamanho ideal está entre 4 polegadas para quem gosta de telas menores e 5,5 polegadas para aqueles que gostam de telas enormes. Pense na sua preferência e encontre um aparelho que se encaixe nela.

Procure telas com resolução HD ou superior. Outro fator a considerar é a densidade de pixels por polegada (PPI), um número que indica, na prática, se aqueles milhões de pontinhos de luz que formam a tela são visíveis. Neste caso, o ideal é ter pelos menos 325 PPI. Todas estas informações normalmente estão disponíveis na página dos fabricantes dos aparelhos.

Memória e armazenamento

Para ter um bom desempenho é importante que o aparelho tenha pelo menos 1 GB de memória RAM – qualquer número abaixo deste não entregará uma boa experiência e, quanto maior for este número, melhor. Isto acontece porque a memória RAM é responsável por lidar com os aplicativos abertos, então quanto maior for a quantidade disponível, mais aplicativos rodarão ao mesmo tempo.

O armazenamento interno também é importantíssimo, é nele que você guardará os aplicativos instalados. Encontre um aparelho com pelo menos 8 GB de armazenamento, e se gosta de instalar muitos apps e guardar muitas fotos, vídeos e músicas, é melhor garantir pelo menos 16 GB ou um aparelho que suporte armazenamento externo.

Desempenho

Com relação ao poder de processamento, a dica é basicamente esta: se você usa o seu smartphone para atividades mais leves, como navegar nas redes sociais, conversar no Whatsapp e ouvir músicas, um aparelho com processador dual-core dará conta do recado. Agora, se você gosta de jogar bastante e rodar aplicativos pesados, procure modelos quad-core (sim, há aparelhos deste tipo com preços interessantes).

O processador é responsável por rodar os aplicativos e executar as tarefas no aparelho e, por isso, errar na escolha pode ser bastante frustrante, pois será preciso lidar com travamentos e lentidões constantes.

Acessórios

Do essencial fone de ouvido até os não muito usuais carregadores sem fio, os smartphones podem apresentar uma gama de acessórios que os tornam ainda mais completos: película, capinha, bateria extra, controles para usar o aparelho como videogame e muitos outros. A escolha é muito pessoal: quais destes acessórios são relevantes para você?

Pense nos acessórios que você gostaria de ter, mesmo no futuro, e procure modelos que se encaixem em suas necessidades.

Preço

Apesar de os aparelhos mais caros terem as melhores configurações, o custo-benefício deles nem sempre é o mais interessante para você. Se você não tira muitas fotos, não faz sentido gastar um dinheirão numa câmera excelente que será pouco aproveitada, por exemplo.

O mais importante é conhecer o seu perfil de uso e comprar um aparelho que se encaixe neste perfil, para não desperdiçar dinheiro. Com as nossas dicas de como escolher um smartphone, não tem erro.

E então? Qual é o seu modelo de smartphone atual? Você está satisfeito com ele? Conte pra gente nos comentários!

 

Você deve gostar também
Como deixar sua loja de manutenção de celulares mais atraente?
Smartphones: Brasil já tem mais de 280 milhões de linhas móveis
6 tendências de informática para os próximos anos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web