Smartphones

Vício em celular: como identificar?

 

Se você tem crises de ansiedade por não ter o seu telefone por perto, saiba que você pode sofrer de nomofobia. Associada a outros transtornos, a nomofobia é uma doença recente que veio com a presença constante do telefone celular em nossas vidas.

Todos nós sabemos que o telefone celular revolucionou a nossa rotina e trouxe inúmeros benefícios, porém o uso exagerado causa vício, sim. Destacamos 5 dicas para você identificar se está viciado no seu telefone celular. Confira!

O celular está presente em todas as etapas do seu dia

Você acorda com o despertador do seu celular; ao despertar, checa as notificações que chegaram durante a noite; toma café da manhã vendo a timeline do Facebook; vai para a academia e coloca o celular no bolsão da frente da esteira, para continuar checando as notificações e, claro, mandando mensagens pelo Whatsapp; ao chegar no trabalho, o celular fica à vista e sempre que vibra você chega se tem algo novo e interessante para conferir. Percebeu? O celular está presente em todas as etapas do dia e isso indica a possibilidade de você estar viciado nele.

Ficar sem bateria ou sinal não está dentro de cogitação

Você anda com um kit para manter o telefone funcionando. Tem uma bateria externa que garante pelo menos mais duas ou três recardas, cabo USB e adaptador para espetar na tomada mais próxima e um exército de aplicativos que prometem manter a sua bateria sempre cheia. Se ficar sem bateria ou sem sinal não faz parte da sua rotina e, quando isso acontece, afeta o seu humor consideravelmente, este é mais um sinal de que você está viciado no seu celular.

Estar sem o celular te deixa muito, muito irritado

Esquecer o telefone celular é sinônimo de um dia chato, irritante e com a sensação de que você está nu? Preocupe-se. Não é normal a falta do gadget afetar o humor das pessoas. Se você deixa de cumprir os compromissos para voltar para casa e buscá-lo, esse é mais um sintoma de dependência.

Os lugares só têm graça se você estiver com o celular

Viajar sem os check-ins no Facebook e no Swarm? Ir a um show e não filmar e fotografar? Não registrar o passo a passo em fotos de uma viagem com o celular? Se você respondeu “não” para as perguntas aqui feitas, você sofre de dependência do seu celular. Conseguir fazer atividades, viajar ou passear sem mexer no telefone o tempo todo tem que fazer parte da rotina das pessoas. Além de aproveitar melhor os programas, você passa a socializar mais com as pessoas e curtir de verdade.

No restaurante é você, o celular e a comida

Olhe ao seu redor. Note que bizarro é ver as pessoas em silêncio nas mesas mexendo em seus telefones celulares, por mais que estejam acompanhadas. Se a sua ida ao restaurante funciona assim e você se preocupa mais com a quantidade de likes que a sua foto terá do que com a própria refeição, este é mais um indício de vício em celular.

Conseguiu ler esse post sem checar as notificações do seu celular? Conte-nos como é a sua relação com o seu telefone e nos diga se você se considera viciado por ele!

 
Você deve gostar também
Será que você conhece essas 8 funções de um smartphone?
Como deixar sua loja de manutenção de celulares mais atraente?
Os danos que o iPhone causa à sua saúde (INFOGRÁFICO)
1 Comentário
  • Augusto Lopes
    07/04/2016 em 02:39
    Responder

    Hahahahaha não consegui ler o post sem checar as notificações do celular. Sou viciado,p. Confesso. Adorei o post.

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web